Fraternidade do Tibete

Os tibetanos são internacionalmente conhecidos pela sua disciplina mental. Tivemos, pelos jornais, a notícia de que uma das principais lideranças do Budismo, o Karmapa Lama, de apenas 14 anos, fugiu do Tibete, sob o controle da China, e alcançou a Índia, caminhando quase 1.500 quilômetros. Por montanhas geladas de difícil acesso, provou, mais uma vez, como é vencida a dificuldade, quando aprendemos a utilizar o domínio de nós mesmos através da educação mental.

Chang Fo Lang foi um Dalai Lama que dedicou enorme carinho na educação do seu povo, ensinando-o que, utilizando a meditação, é que ganhamos a capacidade de corrigir os nossos pensamentos inferiores, nos tornando dignos da paz.

Porém seu coração, profundamente humano, ao deixar o corpo de carne, verificou que ninguém pode ser feliz, usufruindo a paz celestial, enquanto seus irmãos estão perdidos na região trevosa da ignorância e da dor. Procurou então atraí-los ao seu convívio – todos os companheiros de sentimentos semelhantes aos seus, formando um grande grupo que se propôs a unir os seus esforços para dar assistência às vítimas do egoísmo e da vaidade.

Em vez de se fecharem em templos, saem estas almas por este mundo de Deus, procurando acender a luz do divino amor nestes corações sofridos.

Reunindo-se periodicamente no alto do Himalaia, este contingente de mais de 5.000 almas faz suas orações e seus projetos de trabalho. Verificando qual país que atravessa alguma dificuldade, se dividem em grupos. Enquanto uns socorrem os desencarnados, outros procuram orientar os aprendizes a disciplinar a mente para que, em desenvolvendo pensamentos de amor, principalmente ao próximo, auxiliem a solucionar intrincados problemas obsessivos.

Aproveitemos estes exemplos de dedicação e solidariedade para tornar mais fácil nossa comunicação, nos tornando capazes de, através da nossa reeducação, ajudarmos uns aos outros.

Notas:

*O Tibete (Xizang, em chinês) é um país situado na fronteira da Índia com a China. Localiza-se na Ásia Central, no maior e mais alto planalto da Terra.

*Fundado pelo príncipe Sidarta Gautama, o Budismo se desenvolveu a partir do hinduísmo por volta do século 5º antes de Cristo, no norte da Índia. Esta religião se disseminou pela Ásia Central, até a China, a Coréia e o Japão.

*A expressão “Dalai Lama” vem do mongol, e significa “guru grandioso como o oceano”.

*O Himalaia é a maior cadeia de montanhas do planeta, estendendo-se por diversos reinos e províncias do Nepal e do Butão, na Ásia. Nele há inúmeros retiros de monges, gurus (mestres) e rishis (sábios).

Martha Gallego Thomaz, Histórias das Fraternidades – Ed. Frat. Assistencial Esperança

Esse post foi publicado em As Fraternidades e marcado , , , , , , , , . Guardar link permanente.