Não caia no poço

Ponha um limite às quedas, às negatividades, às tristezas.

Quando um assunto angustioso apertar-lhe o coração, procure as idéias elevadas.

Reaja.

Não deixe ir adiante o que o leva para baixo.

O que não pode ter limites é o seu trabalho de crescimento e ascensão, com a busca de mais capacidades e o uso do seu supremo poder de alegrar, conciliar e amar.

O mal que você deixa sem limites impede a sua melhoria, a sua subida, a sua luz. Ele aumenta as barreiras e as infelicidades.

Não caia no poço.

Em toda queda há um grito de consciência pedindo subida.

Lourival Lopes, Sabedoria Todo Dia – Editora Otimismo

Esse post foi publicado em Textos e Mensagens e marcado , , , , , , , . Guardar link permanente.