A Alma Animal após a Morte – Consciência e Individualidade

Após a morte, conserva a alma dos animais a sua individualidade e a consciência de si mesma?

Resposta: Conserva sua individualidade; quanto à consciência do seu eu, não. A vida inteligente lhe permanece em estado latente.

O Livro dos Espíritos – pergunta 598

***

Muitas pessoas trazem consigo aquele conceito, que não é Espírita, sobre alma-grupo, que tira dos animais a possibilidade de serem seres espirituais individualizados. Segundo este conceito, vindo da Teosofia, os espíritos dos animais não são indivíduos, mas a manifestação de uma alma maior e depois que um animal morre, seu espírito, que não é seu em particular, volta a se unir ao Grande-Todo e perde a individualidade, apenas aparente de quando era encarnado ou vivo. No entanto, o Espírito da Verdade explica que o espírito do animal, uma vez liberto da matéria, isto é, do corpo físico, volta ao mundo espiritual, sem perder a individualidade que possuía quando estava encarnando. O Espírito do animal mantém sua individualidade, mas, generalizando, o Espírito da Verdade afirma que eles perdem a consciência e permanecem em estado de suspensão ou latência, enquanto aguardam a volta para o mundo físico.

Marcel Benedeti, Os Animais Conforme o Espiritismo – Ed. Mundo Maior

***

Se os animais conservam a alma após a morte, e ainda mantêm a sua individualidade, é porque há algum destino para eles. Como tudo na Natureza está sujeito à Lei do Progresso, e tudo se encadeia, podemos ainda aqui continuar acreditando na evolução anímica, cujo reino animal é uma das fazes dessa evolução.

Paulo Neto, Alma dos Animais – Estágio anterior da Alma Humana? – Grupo GEEC

Esse post foi publicado em Os Animais e marcado , , , , , , , , . Guardar link permanente.