Prece às Estrelas

As estrelas correspondem à nossa afeição. Elas são mundos doadores de luzes em todas as direções e essa energia divina que viaja pelo espaço infinito se agrega aos Espíritos e às coisas, transformando-se de acordo com as nossas necessidades físicas e espirituais. Porém, ao praticarmos a oração, o enriquecimento desse energismo é sobremaneira grandioso.

Deves saber que tudo vive na sensibilidade que Deus lhe deu, que tudo sente a afabilidade que transmitimos, que tudo se encontra em perfeita sincronia, na casa universal.

Nada resiste ao amor. Se amas uma simples pedra, na feição divina do termo Amor, ela te responderá, no silêncio que é peculiar ao seu estado, em doações sutis que por vezes não percebes, mas que são valores imortais. Assim são as plantas, os animais e todas as coisas existentes: mundos, sóis, Espíritos e Aquele a quem devemos toda reverência.

Se queremos buscar a harmonia orgânica e psíquica de todas as nossas vestes, a sintonia com as estrelas nos será um caminho satutar. Devemos emitir pensamentos de humildade e gratidão às luzes benfeitoras e elas descerão a nós, por meios que ainda desconhecemos, a nos atender em nossas necessidades, como mãos de Deus nos ofertando saúde e alegria, paz e amor.

Os Espíritos encarnados e desencarnados devem agradecer ao Pai Celestial esse dom divino de pensar, essa faculdade que transcende a todas as ciências terrenas e cuja engrenagem se esconde nas dobras dos séculos incontáveis. O pensamento é uma força de Deus nas almas. Por ele, poderemos estar presentes em toda a criação e com o empuxo evolutivo da mente, a energia mental é capaz de buscar todo o oculto exterior, revelando-nos os segredos gradativamente, de acordo com o nosso avanço espiritual. Pensar é trazer para junto de nós os recursos de Deus, que se encontram no suprimento universal. As idéias que transmitimos levam consigo as imagens dos nossos sentimentos, nas direções que desejamos.

Quem não sente alegria ao contemplar um céu estrelado? Nele se desenha a figura majestosa do Criador e do poder sem limites da sua incomparável vontade.

As estrelas vibram permanentemente o amor que recebem do grande Foco Universal e, se procurarmos entender essa mensagem, ela será mantenedora do nosso equilíbrio e nos tornaremos amigos dessa fonte inesgotável de amor.

Entremos em comunhão com as estrelas pelas portas da prece, iniciando nossa conversa com elas sem fanatismo, entendendo que as estrelas não são simples luzes a enfeitar o firmamento, mas sim mundos radiantes de luz e energia. Façamos isto e a vida maior saberá recompensar os nossos esforços. A base maior é a confiança. Deus é o doador, que está presente em todas as coisas, mesmo naquilo que pensas ser o nada. Tudo o que existe está ligado a Ele e sem Ele nada existirá.

Disse Jesus: “Na casa de meu Pai, há muitas moradas”. As moradas são incontáveis, de toda ordem, de variados tamanhos e idades, carregando humanidades, funcionando como escolas e presídios, como hospitais e como ambientes de refazimento. Podes ajudar a muitas dessas casas com a tua prece de amor, emitida com humildade. O carinho é uma força construtiva, que nunca encontra barreiras para ajudar; desconhece distâncias e, por onde passa, deixa seu traço de entendimento.

Tudo que fizeres, se for feito com amor, estará curando a ti mesmo, ou te prevenindo do assalto de todos os desequilíbrios que porventura possam chegar às tuas portas. A oração às estrelas é uma força, no reforço para a tua paz de consciência.

João Nunes Maia pelo Espírito Miramez, Saúde – Editora Fonte Viva

Esse post foi publicado em Sobre as Preces e marcado , , , , , , , , , . Guardar link permanente.